| Home | Turismo | Cultura | História | Guia Local | Hospedagem | Mapa | Humor | 360º |
Indique esta página

Gente da nossa história:
Nagib Abdo Hanna, um homem de visão

Nagib Abdo Hanna
Nagib Abdo Hanna
(1907 - 1988)

Nascido em 22 de outubro de 1907, na Síria, Nagib Abdo Hanna veio para o Brasil com sete anos de idade. Formou-se em contabilidade e em 1927 construiu um dos primeiros cinemas de São Paulo, o Cine Jabaquara. Em 1930 iniciou no ramo da confecção através de uma máquina que reformou com as próprias mãos. Após algum tempo comprou a Malharia Estrela. Em 1949 inicia a construção do Cine Estrela, um dos maiores cinemas de São Paulo na época, marco cultural na época.

Com um grupo de abnegados, fundou em 1935 o Hospital Clemente Ferreira. Nagib era o único não médico entre os fundadores. Foi também tesoureiro da Liga Paulista Anti-Tuberculose. O Hospital funcionou até 1985, sempre mantido com doações de seus fundadores.

Em 1954 inicia suas atividades no ramo imobiliário fundando a Construtora e Imobiliária Jequitibá através do loteamento Jardim Londres, em Campinas, SP.

Em 1957 inicia sua paixão pela Maranduba. Mesmo enfrentando as dificuldades de acesso da época, Nagib inicia o Loteamento Maranduba com mais de quatrocentos lotes. Chegava a realizar duas viagens por semana de São Paulo a Maranduba para realizar esse projeto.

Após desmembrar parte da antiga Brejahimirinduba que fazia parte da sesmaria de Dom Pedro de Alcântara, Nagib faz a divisão em lotes rurais que são exemplarmente cultivados por japoneses que aqui continuam esse trabalho até hoje.

Reconstruíu o antigo engenho e passa a produzir uma excelente aguardente que foi conhecida como Maranduba. Nos anos oitenta iniciou as obras para a regularização da barra do Rio Maranduba, tornando-o navegável e capaz de abrigar barcos de até quarenta pés, o que tornou possíveis obras náuticas de grande importância para o desenvolvimento turístico e, para a criação de novos empregos na região.

A Associação dos Produtores Rurais de Ubatuba, através da Diretoria Sócio-Cultural instituiu em 1997 o Prêmio “Nagib Abdo Hanna” a ser outorgado, anualmente, ao jovem que presta significativa contribuição ao desenvolvimento da agricultura e da comunidade rural nas áreas de pesquisa e inventos; práticas ou experiências agrícolas, educação, meio ambiente e extensão de serviços à comunidade. O Prêmio é patrocinado pela Construtora e Imobiliária Jequitibá Ltda., e consta do valor de um e meio - salário mínimo acompanhado de uma placa de prata, consegui da pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Município de Ubatuba.

A Associação dos Produtores Rurais prestou homenagem póstuma a Nagib Abdo Hanna em reconhecimento à sua grande colaboração no desenvolvimento da agricultura no município.

Nagib Abdo Hanna possibilitou a instalação de numerosos sítios de produção agrícola na Região Sul. Após seu falecimento, seu filho Fábio Hanna, dando continuidade a esse trabalho, vem prestando constante e crescente apoio aos produtores rurais, favorecendo a atividade agrícola e incentivando os jovens iniciar ou manter tal atividade.

Em discurso proferido pelo saudoso Argemiro Parizzoto de Souza em 21 de dezembro de 1997, alguns trechos revelam um pouco sobre Nagib Abdo Hanna:

“Quem não se lembra do homem simples de terno escuro e seu inconfundível chapéu, sempre cortês e que duas vezes por semana percorria a Maranduba em seu impecável Chevrolet preto, de forma lhana para cumprimentar e ouvir a gente simples a lhe pedir alguma coisa: ‘Sr. Nagib, me ceda aquela pequena casa de sua fazenda para eu abrigar a minha família’, ao que sempre, de forma afável atendia em seus pedidos, emprestando seu imóvel sem nada pedir em troca a não ser a conservação dos mesmos.

Queria também o Sr. Nagib que parte de sua fazenda fosse utilizada para a agricultura e foi o que fez. Arrendando algumas áreas para a colônia japonesa e brasileira que aqui se instituíram o primeiro cultivo de gengibre, que passou a ser exportado para o mundo pela sua excepcional qualidade e que permanece até os dias de hoje.

Com seu espírito empreendedor promoveu a retificação do Rio Maranduba, permitindo a navegação de barcos de grande porte onde antes até canoas encalhavam.

Construiu por sua conta o enrrocamento com pedra bruta da entrada do rio para o mar, onde hoje existem marinas por onde pescadores aportam seu barcos trazendo excelente pescado do mar, antes impossível, permanecendo até hoje aquelas muralhas de pedra bruta como marco de seu incansável trabalho o qual veio a propiciar emprego e incentivo a todos. Com isso propiciou o turismo na região.”

Nagib Abdo Hanna faleceu me 21 de abril de 1988.

EMILIO CAMPI


A Central de Reservas

| Home | Turismo | Cultura | História | Guia Local | Hospedagem | Mapa | Humor | 360º |



©2010 Maranduba - Litoral Virtual Produções Multimídia - Contato: contato@maranduba.com.br
Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi