| Home | Turismo | Cultura | História | Guia Local | Hospedagem | Mapa | Humor | 360º |
Indique esta página
A Central de Reservas

Praia da Ponta Aguda: praia de encantos inesperados
Praia da Ponta Aguda
O local é muito freqüentado por moradores da região sul de Ubatuba e norte de Caraguá.

Nossa costa é uma das mais privilegiadas do litoral do Brasil. Cada encosta uma surpresa e cada praia um adjetivo e alguns nem existem no dicionário. Uma dessas praias é a Ponta Aguda, que além de encantar os olhos encanta a alma.

Para chegar até este paraíso, temos que enfrentar um trecho grande de estrada de terra, mas o sacrifício vale a pena. O acesso que dá a esta praia está quase no centro entre Caraguatatuba e Ubatuba, você entra pelo bairro da Tabatinga, tanto de um município quanto de outro, na rodovia SP-55.

A estreita estrada, cerca de 3,5 km, adentra a mata e por duas vezes sai da floresta para os mirantes, onde o visitante poderá ver e cima belas paisagens, coisas de cinema. De um lado fotos da Tabatinga do outro lado fotos do mar, da Ilha do Tamanduá, da Praia da Figueira e dos costões rochosos. Também é possível avistar Ilhabela, até mesmo a base de gás. Em todo o trecho é possível ouvir as aves do lugar e por alguns períodos aves raras e cantos entusiasmados. Tem ainda flores e água em abundancia por todo o trecho.

Segundo os moradores mais antigos o local já foi um bairro movimentado. Vale lembrar que o lugar já tinha gente antes de começar a rodovia, antes ainda o local já foi palco de uma grande fazenda de café, cana e do trafico negreiro. Recentemente por volta de vinte anos atrás houve instalações importantes como a ASEL (Assistência Social Estrela do Litoral) e uma pequena escola.

Na praia existe um camping e uma boa estrutura de atendimento ao turista, tendo em vista as dificuldades do local. O camping ainda oferece sombra e água fresca, é possível colher frutas como jabuticabas, jacas, amora, mexirica, pitanga, manga, laranja, tem até um chalé para as galinhas do lugar, um restaurante para passarinho.
O local é muito freqüentado por moradores da região sul de Ubatuba e norte de Caraguá. São os descendentes dos antigos moradores. O interessante é que na temporada e feriados prolongados, o lugar que parece ser protegido dos acontecimentos do mundo é muito bem freqüentado.


Visualizar Praia da Ponta Aguda em um mapa maior

O formato geográfico da costeira, ao lado esquerdo da praia, nomeia o lugar: Ponta Aguda. A praia guarda o silêncio de um grande lago, a cumplicidade dos mistérios ocorridos na Ilhabela, que revela toda a sua extensão, nos passando a ilusão de proximidade de nossa costa. Ao lado direito, está a Ilha do Tamanduá, que oculta a vista de São Sebastião e Caraguatatuba, e mostra o pequeno cenário da vizinha praia Mansa, aonde se chega somente por uma pequena trilha, ao lado esquerdo. O jundú da praia é um espetáculo a parte, as floradas na areia encantam mesmo os moradores mais antigos. Dá para ver todas as pegadas de animais que visitam o mar. Bom é imaginar que ela está quase do jeito que os índios Tupinambás deixaram. Paradisíaca como é a Praia da Ponta Aguda nos revela o mundo fascinante da natureza, onde ainda é possível ouvir os “ics, ics”da areia limpa e pura.

O mar é calmo, as águas são claras, a praia é linda, lá dá para fazer de tudo, mergulho, natação, remo, futebol, leitura. Mas o bom mesmo é a contemplação e a limpeza espiritual e física que o lugar proporciona. Imaginem o som das águas quebrando nestas areias, o vento resfriando o rosto, o canto das aves, parece sonho, mas é pura realidade, é possível fazer tudo isso.

Fora da temporada, a praia é quase deserta, só não é de toda isolada por conta do morador “Mirtinho Guédis” que cuida e mora no lugar. No lugar não existe coleta de lixo, os moradores e freqüentadores se mobilizam e recolhem o lixo que fica na praia e no acesso. Lindo mesmo é ver as pequenas plantas que nascem na areia, vestígio da limpeza e pureza do lugar. A praia é muito indicada para famílias, principalmente as que tem crianças, já que em uma das pontas, o mar o mar forma uma piscina natural entre as pedras. Um córrego de águas limpas deságua no mar.

A praia possui duas bicas com água potável para uso dos banhistas. O encanto ainda é por conta da ausência de energia elétrica, por outro lado existe a necessidade de atendimento aos que lá freqüentam e moram. A mata exuberante é fruto de uma antiga fazenda que depois do declínio econômico, foi abandonada ainda no período do império. O restante da trilha leva a outra fazenda, hoje quilombo.

De tão belo, existe a necessidade de atenção ao lugar, o mais importante é não degradar a natureza e sempre levar de volta o lixo que foi produzido por conta do seu passeio. A natureza agradece e em troca ela manterá este visual diferenciado e surpreendente. Bom passeio!

EZEQUIEL DOS SANTOS


A Central de Reservas

| Home | Turismo | Cultura | História | Guia Local | Hospedagem | Mapa | Humor | 360º |



©2010 Maranduba - Litoral Virtual Produções Multimídia - Contato: contato@maranduba.com.br
Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi