| Home | Turismo | Cultura | História | Guia Local | Hospedagem | Mapa | Humor | 360º |
Indique esta página

Praia do Cedro: um paraíso acessível
Praia do Cedro
Imagem vista do alta da trilha que leva a praia do Cedro da ao visitante o tipo de paraíso lá existente

Sabemos que cedro é uma árvore de grande porte, sem ramificações, dotada de casca grossa, considerada medicinal. Suas flores são grandes e alvas, com frutos em forma de cápsula lenhosa, com numerosas sementes. Sua madeira é boa para marcenaria, muito usada para escultura e até mesmo para pequenas embarcações. O local provavelmente tem seu nome por conta desta árvore frondosa. O ar pitoresco também fica por conta dos pescadores caiçaras que por vezes lá se encontram para suas atividades. É através deles que ficamos sabendo os segredos de uma boa colheita marinha.

Através de um bom bate-papo, podemos descobrir como cultivam seus primitivos cercos e trazem orgulhosamente o peixe, para seu alimento e de toda família, o mesmo que vendem na praia e, às vezes, no comércio local. Com eles, também aprendemos algumas experiências de como sobreviver no mar, que algumas vezes mostra-se traiçoeiro. Descobrimos histórias e estórias, por muitas vezes engraçadas, e até alguns causos. Percebemos que estes pescadores estão ficando em extinção, alguns comentam ser por conta de pagarem o preço do homem urbano que suja, degrada, destrói e a legislação ambiental pune pescadores e agricultores do meio rural.

Do Bonete até o Cedro é uma trilha íngreme, muito estreita e cheia de raízes, tem que tomar muito cuidado para andar na trilha, mas quando se chega ao topo você tem duas surpresas: a primeira é vista incrível do Cedro e a segunda é que tudo que você sobe de um lado tem que descer do outro. Mas vale a pena à subida e descida, pois surpresas agradáveis o aguardam e é só você e a natureza.

Praia do Cedro
O local é excelente no combate ao estresse urbano, para quem foge da civilização é um prato cheio ao relaxamento e entretenimento.

O trecho para quem não fez é cheia de mistérios, histórias, encantos e detalhes. Localizada na Enseada do Mar Virado, ao lado da praia do Deserto, é praticamente uma praia deserta e pequena, mas é grande quando se trata de beleza e prazer. Para se chegar a este pedaço de paraíso temos as opções de trilha e mar. O caminho mais conhecido fica no sentido da Praia da Lagoinha e passa por uma trilha bem conhecida que é a das Sete Praias: Praia do Oeste / Praia do Perez / Praia do Bonete / Praia Grande do Bonete / Praia do Cedro / Praia Deserta / Praia da Fortaleza.

O caminho oferece diversidades de fauna e flora, além dos espetáculos visuais que a montanha oferece ao avistar o oceano. Vegetação cerrada da Mata Atlântica, aquela cuidada pelos moradores tradicionais, águas cristalinas e areias brancas compõem a paisagem aconchegante que quase sempre nos surpreende! A praia com ares paradisíacos é tranqüila na baixa estação, quase deserta. Porém, o lugar que parece ser desconhecido pela civilização recebe um número maior de visitantes na temporada e feriados prolongados.

Além dos humanos urbanos, o Cedro também é freqüentado por caxinguelês, pequenos esquilos; mas a atração é quando chegam às tartarugas marinhas, peixes, cavalos-marinhos, anêmonas, estrelas do mar e tantos outros seres da vida subaquática. É tanta tranqüilidade no local que parece que estamos num sonho, sabe aquelas vezes que fechamos os olhos e imaginamos a tranqüilidade, pois é, lá quando abrir os olhos o visitante verá que é real e gostoso estar neste paraíso. A trilha é mais longa, mas não deixa de ser bonita, o visitante passa por várias comunidades e se não focar no objetivo fica pelo caminho tamanha beleza no trajeto.

Descanso e lazer ao alcance de todos


Visualizar Praia do Cedro em um mapa maior

O Cedro tem águas tranqüilas e claras como o céu, suas areias brancas e limpas, nos dão um verdadeiro deleite quando rolamos por ela, a praia é pequena, mas tem em seu meio pedras que dividem este espetáculo da natureza. Vale lembra que em dias de ressaca ou de mar virado, o espetáculo muda, descobrimos a fúria da natureza, principalmente ela (Cedro) estar em frente à Ilha do Mar Virado, outro espetáculo da natureza. Sua costeira oferece uma diversidade de vida, o local não é um dos melhores para o mergulho livre, mas há quem contradiga, já que muitos mergulham em busca de sustento no local ao saborear suas belezas.

Dependendo das condições físicas e do preparo de cada visitante o percurso poderá ser realizado em poucas horas, isto aproveitando todo o visual, o cheiro e os sabores do local. O banho de mar é mais que obrigatório, agora imagine ser obrigatório você ter que curtir sete banhos de praia, cada um mais maravilhoso do que o outro e quando chegar ao final dá vontade de fazer tudo de novo.

O visual mais bonito é da comunidade da Praia Grande do Bonete, onde existem placas de alerta e organização do local, estes avisos servem para toda a extensão da trilha. O trajeto mais curto é pela Praia da Fortaleza, onde você pode ir de carro até esta praia e depois seguir a trilha começando pelo Pontão da Fortaleza / Praia Deserta e Praia do Cedro. O bom senso e as placas informam que é proibido acampar nestas praias. Se você realmente respeita as comunidades, a natureza obedecerá às placas que estão no trecho, todos que lá estão saberão que você é uma pessoa de respeito. Existem hotéis e pousadas e até mesmo casas de aluguel na Lagoinha, Fortaleza e em trechos da trilha como na Praia do Perez e na Grande do Bonete, que leva você a praia do Cedro. Você poderá contratar um guia local ou um pescador se no caso querer ir por mar. Da Praia da Lagoinha pescadores realizam o serviço de táxi-boat. O visitante poderá combinar com o pescador de buscá-los depois de realizar a trilha, assim o visitante poderá usufruir melhor das belezas do local.

Embora pareça longe, ela se põe muito perto das necessidades normais de descanso e prazer e longe das imensas enseadas movimentadas de Ubatuba. No trecho existem bares em estilo rústico que oferecem iguarias da região, sem falar nos petiscos de peixes, mexilhões, alguns oferecem ducha e bebidas maravilhosas. Todas estas aventuras o aguardam neste paraíso acessível, o que não é acessível é por vezes o lixo deixado por algum desavisado que geralmente é recolhido por moradores e alguns visitantes.

No retorno é comum o silencio dos visitantes, pois é fácil descobri por que, o som do mar fica substituindo por vários dias o barulho turbulento das cidades, por isso, se você quiser esquecer o mundo turbulento em que vivemos… vá para a Praia do Cedro, mas lembre-se, traga tudo o que levar, deixe apenas pegadas , tire apenas fotos, leve apenas boas lembranças e bom passeio!

EZEQUIEL DOS SANTOS


A Central de Reservas

| Home | Turismo | Cultura | História | Guia Local | Hospedagem | Mapa | Humor | 360º |



©2010 Maranduba - Litoral Virtual Produções Multimídia - Contato: contato@maranduba.com.br
Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi